Por que o amor?

22A77ECE-2822-4DA9-8B48-562EBA1A8270.png
O amor foi banalizado em nossa geração e muitas vezes é uma palavra empregada com diferente conotação. No entanto, é importante perceber que não é o mundo ou a sociedade quem define o que é o amor. Uma vez que Deus é amor (1 Jo 4:8), e Deus é imutável, o amor legítimo terá sempre a mesma conotação, o próprio Deus. O que isto significa em termos práticos? Significa que tudo aquilo que é bom e tudo aquilo que é perfeito procede de Deus. Nunca compreenderemos o amor, até reunirmos as condições que torne possível experimentar Deus é a sua bondade no cotidiano. Este experimentar não é algo meramente empírico. O amor é o ponto de parida é o destino final da ação de todo cristão. Quando praticamos o amor então Deus nos é revelado a nós. O teólogo Arthur W. Pink definiu o amor como “a rainha de todas as graças”, portanto, quando nos encontrarmos numa encruzilhada onde teremos que optar entre o amor é qualquer outra coisa, façamos a escolha pelo amor.

~ Luis A R Branco 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s