Browsing All Posts filed under »Aforismo«

Humor Divino

Junho 25, 2017

1

Se Deus não tivesse senso de humor eu seria ateu. – Luis A R Branco 

Provérbios e prosas IX

Abril 22, 2017

1

O importante não é o caminhar rápido, Mas sim chegar ao destino. Quem muito corre, Muito se cansa. Ligeiro é o relâmpago, Mas logo desaparece. Minha mãe lavava a roupa, E eu destruí sua caixa de sabão. Revoltado eu vivia, Entretanto, ninguém via-me. Engolia a seco minha rebeldia E em silêncio sofria. O mais rico […]

Lo imposible 

Abril 15, 2017

0

Una casa blanca, con cómodos desformes, de ventanas y puertas azules. Dos pasos para entrar al paraíso. Alrededor flores simples margaritas de varios colores. Dela ventana una maravillosa vista del horizonte, entre él y yo un valle verde con vegetación de distintas especies. La noche que se abre una alfombra negra en el cielo con […]

Provérbios e prosas VIII

Abril 11, 2017

0

Não pense tão alto de ti mesmo, Ao ponto de não restar espaço para você voar. Não pense tão baixo de ti mesmo, Ao ponto de não restar espaço para pousar. Teu riso seja na medida certa, De preferência que teus inimigos não ouçam. Juntávamo-nos todas as tardes parar nada, Sonhava-se tolices, Esbanjava-se misérias, Ríamo-nos […]

Marcas

Abril 10, 2017

2

Os anos passam E deixam suas marcas. As circunstâncias passam E deixam suas marcas. Nós passamos E deixamos nossas marcas por Luis A R Branco @LuisARBranco

Provérbios e prosas VII

Fevereiro 27, 2017

1

Apega-te a pouca coisa Para que o teu fardo seja leve. Quanto mais cedo abandonarem o excesso, Mais prazerosa será a jornada. Vovó era simples, Fazia bolos e pães em um forno feito no barranco de barro. Numa mesa de madeira rústica, Sentavamos a espera do pão quentinho. Escolha primeiro o caminho certo, Se estiver […]

A vida em milésimos de segundos

Fevereiro 16, 2017

1

Enquanto caminhava passou-me a vida diante dos olhos, Em milésimos de segundos. Sentimentos de satisfação e insatisfação inflaram-me o peito. No caminho um puto ao telefone, Que pela intensidade das palavras pareceu-me que falava com a namorada. Uma nostalgia de um tempo vivido e outros não vividos invadiu-me a alma. Ver a vida em milésimos […]