Errante

Como uma adaga aguda, meus temores atravessam-me o peito, Não adianta dizer-me: “Acalma-te, tudo ficará bem!” Sou simplesmente escravo destes pensamentos. Não queria ser, mas simplesmente negar o que sinto não faz esta nuvem escura desaparecer. Não adianta disfarçar vestindo uma veste branca, Meus dias são cinzas, minhas canções são fados, minha esperança tão frágil.…

A chuva que não veio

Já há algum tempo que não chove, A terra secou, o ar poluiu-se, a flor murchou. O ar pesado, meu peito cansado, meus olhos molhados. Meu Deus, o que foi que me deu? O efémero não me atrai, A vaidade me aborrece, As falas vazias não me convidam, Na sala sozinho, meu esconderijo. Quando eu…

Caminhar descalço 

   Nem sempre estar vivo é sorte, Às vezes é como uma longa caminhada descalço Sobre pedras pontiagudas. Meus pobres pés, feios e por vezes repugnante, É o pilar sobre o qual sustenta-se toda esta coisa chamada vida. São pés simbólicos, Pois nem todos podem pôr-se em pé, Mas ainda assim caminham sobre as mesmas…

Camélia vermelha 

Usavas um vestido de chita florido E eu trouxera uma camélia vermelha nas mãos. Em nossas faces um sorriso, Dava fim a solidão. O céu e a terra eram só nossos, Em nossos corações a imensidão. Dei-te com amor a camélia vermelha E tu a mim deste tua mão. Teu vestido revelava teus ombros brancos…

Solidão

Solidão por que acompanhas-me enquanto desejo estar só? Solidão por que insistes em lembrar-me que fui esquecido por todos? Solidão por que cerca-me e isola-me em meio a multidão? Solidão por que enche-me o coração de vazio? Solidão por que insistes em que devo ser amado, se dizes-me a todo tempo que ninguém me ama?…

Simplesmente amar-te…

Andei por terras de meus pais, Andei por terras estranhas, Andei como quem busca por uma pedra de grande valor, Andei como um pobre transeunte que busca chegar ao amor. Encontrei de tudo nesta vida, Encontrei de todas desta vida, Encontrei todos os gostos e prazeres, Encontrei o prazer, sim, o prazer, mas não encontrei…