Carne e osso 

Estes dias tenho pensado em poesia, Quisera eu ter a habilidade de escrever alguns versos. Não sei se seriam versos de amor, de paixão ou sobre este nó na garganta que sufoca-me sempre que penso em tudo e em todos. Se sou poeta, sou poeta das sombras. Minha pena não tem envergadura para fantasias, Minha…

Sensibilidade

Que lágrima é esta que corre pelo rosto? Que aperto é este no peito? Um coração atravessado pela saudade E uma mente perturbada pela ausência. Fazes tanta falta! Eras tão fraca, Mas eu sempre vi-te tão forte! De repente desapareceu, E deixaste um vazio imensurável. Será assim para sempre, Uma dor que nunca encontra alívio.…