Na escuridão da noite 

Na escuridão da noite, Ouço a voz do silêncio. Solitário numa madruga que insiste em não chegar ao fim, Sinto a presença dos que a longo tempo deixaram-me. Não, não é fantasma ou espírito, Mas a lembrança continua que nunca se desvanece. Minha alma é pura confusão, Confusão que envolve seres, lembras, pessoas e amores.…

Inquietude 

  Minh’alma está inquieta, Sinto minhas emoções como pássaros que voam assustados. Meus pensamentos vagueiam dispersos, Não encontram repouso em solução alguma. Caminho como o burro que anda em voltas fazendo girar o moinho. Cada passo tem sido uma repetição de outro Sem contudo chegar a lugar algum. Minhas necessidades são as mesmas, Minhas orações…

Ciclo Completo

   Com a tua partida completou-se um ciclo, Quando ouvi a triste notícia: “acabou” O horizonte escureceu-se como numa noite fria e de densas nuvens. O céu ficou carregado, mas não chorou, nem uma gota de chuva derramou, Mas eu chorei, não sou como céu que te recebeu, sou a alma sofrida que te perdeu.…