Varanda


Lembro-me que de uma varanda pobre,
De onde observava minha mãe que alternava
Entre o tanque na varanda
E o fogão na cozinha.
Eu, menino pequeno, brincava,
Como se aquele momento fosse durar
Eternamente.

Luis A R Branco

Anúncios

Um pensamento sobre “Varanda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s