Teori Zavaschi – o juiz iníquo

Posted on 10 de Junho de 2016

3



Não sou jurista, portanto, reconheço minha limitação em opinar sobre um assunto tão delicado e que merece uma avaliação daqueles que são mais capazes do que eu. Entretanto, não posso calar-me diante de um quadro que soa-me no mínimo estranho, se não, como acredito, um favorecimento indevido do Ministro do STF Teori Zavaschi no caso que envolve o ex-presidente Lula e a Lava-Jato. 

Se o Lula fosse alguma coisa para além de ladrão nos dias de hoje, como tentaram fazer dele Ministro da Casa Civil, seria inaceitável pelo povo, mas compreensível pela lei o seu foro privilegiado. Mas não é este o caso, portanto fica a dúvida “porque cargas d’água” o referido juiz não devolve o caso ao juiz natural, Sérgio Moro? Se o Teori é honesto ou não eu não posso afirmar, mas posso dizer que ele tem desobedecido um conselho bíblico que está em 1 Ts 5:22: “Abstende -vos de toda a aparência do mal.” Teori não só tem andado na aparência do mal, mas abriga o mal, protege o mal. Minha pergunta é, o que será que ele pretende fazer com o Lula? 

Que as instituições da república pouco importam-se com a opinião pública já é sabido, mas ser completamente alienado quanto ao apelo do povo brasileiro para que em algum momento da história do nosso país se faça justiça é demais. Teori e a sua surdez lembra-me outro juiz, um que foi mencionado por Jesus, chamado de Juiz Iníquo. Na parábola de Jesus o Juiz Iníquo não muda seu caráter, continua iníquo, como continuará Teori, mas ao menos render-se-a a pressão popular. 

O povo quer o caminho da Lava-Jato livre, que ela chegue aos lulas, aos calheiros, aos sarneys, aos collors, aos cunhas e onde mais for preciso. Sai da frente Teori!

por Luis A R Branco

IMG_4457-0

CONHEÇA E ADQUIRA OS LIVRO DE LUIS A R BRANCO CLICANDO NUM DOS LINKS ABAIXO:

Anúncios