Liberdade

culpado (1)
Todos os seres humanos carregam dentro de si um anseio por liberdade. E não podia ser diferente, pois Deus criou-nos a nós livres. Jesus deixou claro que o verdadeiro conhecimento do Filho de Deus tem como resultado a liberdade: “… e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8:32). Ao contrário do que se pensa na sociedade, a religião não aprisiona o ser humano, mas torna-o livre. Se por algum motivo a religião aprisionar alguém e inibir sua liberdade, é sinal de que alguma coisa não vai bem ou trata-se de uma farsa ou de uma má compreensão da religião. É importante salientar que esta farsa e este equívoco religioso criou na sociedade uma rejeição pela religião. A verdadeira religião anunciará como rainha de todas as suas doutrinas e como rei de todos os seus dogmas o amor, pois Deus é amor e no verdadeiro amor há liberdade. O medo e a fé não podem caminhar juntos. As cadeias e o amor não podem caminhar juntos. Cristo e inibição não podem caminhar juntos. Uma vez em Cristo e imersos em seu eterno amos, estamos para sempre abraçado pela liberdade. Eli Stanley Jones escreveu: “Não há nenhuma tensão no amor.” Portanto, em Cristo somos de fato livres. 

~ Luis A R Branco 

Anúncios

Um pensamento sobre “Liberdade

  1. Como vejo, a linda frase de Jesus tem a ver menos com a religião e mais com a verdade como encontro consigo mesmo. Nisso pode até estar a religião, uma causa agnóstica, uma missão pessoal ou Deus.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s