O Panegírico ao comunismo e a inutilidade do Wikipédia quanto a verdade

10

Depois da minha publicação sobre o Wikipédia, fui contactado por uma pessoa com o nome de Lucas Teles, que em seu perfil no Twitter se apresenta como administrador do Wikipédia o qual me escreveu:

Teles @Lucas_Teles
@LuisARBranco o texto que inseriu não possui referências. Um editor da Wikipédia rejeitou corretamente seu texto por esse motivo. Att.

No entanto, quando tentei reeditar o texto no site do Wikipédia recebi o seguinte aviso:

Esta ação foi identificada automaticamente como prejudicial, e foi consequentemente bloqueada.
Se você crê que a sua edição foi construtiva, por favor informe-nos o que você estava a tentar fazer. Nós vamos analisar o problema e informar a causa, ou vamos corrigir o sistema para que tal mensagem não apareça novamente, se for necessário.
Uma breve descrição da regra com a qual a sua ação coincidiu é: Conteúdo ofensivo.

Portanto, segundo o Wikipédia falar das astúcias de Chico Buarque e do PT é ofensivo. Isto apenas reforça minha tese de parcialidade do Wikipédia e sua insignificância para quem busca a verdade.

Segue abaixo meu texto editado para o imprestável site:

Chico Buarque começou a perder seu prestigio entre o povo brasileiro depois dos vários escândalos envolvendo o Partido dos Trabalhadores, partido o qual defende mesmo diante dos recentes escândalos de corrupção envolvendo a cúpula petista. No dia 21 de dezembro de 2015, o cantor foi flagrado[1] num bate-boca defendendo o PT na Rua Dias Ferreira, no Leblon – bairro em que mora, na Zona Sul do Rio. O episódio foi comentado pelo jornalista Alexandre Garcia que ao saber do bate-boca disse[2] que Chico Buarque antes de ser vítima foi autor de um ataque contra a liberdade de imprensa, sendo o próprio Alexandre Garcia a vitima de Chico Buarque.

img_0254-1Chico Buarque foi ainda criticado pelo intelectual Millôr Fernandes com no Programa Roda Viva com a frase: “Desconfio de todo idealista que lucra com seu ideal.”[3] Numa suposta alusão dos incentivos financeiros com dinheiro público recebidos pelo cantor, através da Lei Rouanet para alguns de seus projetos, como a publicação do livro Leite Derramado, que foi pago pelo Ministério da Cultura, durante o período em que sua irmã, Ana de Hollanda, curiosamente comandava o ministério.[4]

Em um evento realizado em São Paulo em Dezembro de 2015, que tinha como propósito homenagear o músico, termina com Chico aborrecido e deixando o recinto. “Constrangedor”, assim o cantor e compositor Chico Buarque sintetizou a situação ocorrida na capital paulista.
O evento em homenagem a Chico, que ocorreu no tradicional point da boemia paulista, reuniu centenas de intelectuais, artistas, políticos, entre outros terminou de uma maneira inesperada.
“Era o final de uma esquete, que deveria terminar com a música ‘A banda’, quando tivemos a desagradável surpresa”, falou Marcolino Jaguatirica, um dos organizadores do evento.

A “desagradável surpresa” a qual Marcolino alude foi o equívoco do disk jockey, que ao invés de tocar a canção do artista homenageado, colocou, em seu lugar, uma paródia que encontrou no Youtube, chamada “O bando”.[5]

“Nunca fui muito fã de MPB. Na verdade, sempre achei chato esse tal de Chico Buarque, por isso pesquisei a música no youtube e salvei no meu computador para tocar na hora da apresentação. Como eu ia saber que era uma paródia?”, questiona o disk jockey que preferiu não se identificar com medo de represálias. Ao notar o equívoco, Chico, visivelmente constrangido, retirou-se do local. Nas redes sociais o músico é duramente criticado pelo povo brasileiro[6] devido a seu apoio irrestrito ao Partido dos Trabalhadores e suas tendências comunistas.

por Prof. Doutor Luis A R Branco – D.Min., Ph.D.

[1] http://ego.globo.com/famosos/noticia/2015/12/video-chico-buarque-defende-o-pt-na-rua.html
[2] http://novo.cruzeirofm.com.br/noticias/programas/3084-alexandre-garcia-fala-sobre-os-ataques-a-chico-buarque-ouca
[3] http://tvcultura.cmais.com.br/millor/roda-viva-millor-fernandes
[4] http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/cultura/chico-buarque-recebe-empurrao-financeiro-da-irma-ana-de-hollanda/
[5] http://www.canalgama.com.br/chico-buarque-se-irrita-com-o-sucesso-da-parodia-o-bando-assista-agora/
[6] http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/mas-afinal-de-contas-chico-buarque-e-ou-nao-e-um-merda/

Anúncios

2 pensamentos sobre “O Panegírico ao comunismo e a inutilidade do Wikipédia quanto a verdade

  1. Conte com a minha solidariedade ! Lamento por ter passado por esse infortúnio mas, esperar o quê , se todos estão comprados pelo malfadado Pt ? ( O qual considero pior que “As sete pragas do Egito ).

  2. Caro amigo, professor doutor e grande poeta.
    O título da Wikipédia é, ou era; tanto faz, “enciclopédia livre”. Há! Há! Há!
    Livre para quem paga.
    Em algumas pesquisas que fiz, pouco tempo faz, vi a mensagem “nós não colocamos propagandas (anúncios) e vocês do Brasil podem colaborar com nossos serviços doando….”, sei lá, mais ou menos isso, não me recordo precisamente.
    Ora, não vi mais tal pedido e isso me faz pensar que o “brasil” contribuiu com o dinheiro do Brasil.
    A serventia da Wikipédia é para quem paga, não tem compromisso sério com a verdade.
    Essa porcaria de Wikipédia tem interesse escuso.
    Infelizmente esse “$erviço “ atinge todos os meios de comunicação, no mundo não sei, mas por aqui sim.
    O mal, quando parece ter sido extinto é justamente quando sorrateiramente invade.
    Lembro-me de um de seus programas “Verdade na Prática” que falava sobre o sofrimento do povo albanês para se livrar do comunismo. Lembro-me também sobre “a galinha de Stalin”.
    Coloco novamente minha preocupação com o Brasil sendo um pagador da construção de um grande continente comunista nos moldes da antiga União Soviética via o tal “pacto” do Foro de São Paulo.
    Você me tranquilizou com sábias palavras “o maior impedimento é a língua” e que nem nosso Machado de Assis pode ser comparado com pensadores russos como Tolstoi e outros.
    Professor; confesso estar cético quanto a isso. Nosso SuPremo Tibunal Federal “rasgou” a Constituição, sem pudor algum, bem abaixo de nossas narinas. Infelizmente o povo brasileiro está tão deseducado que vê como certos os discursos verborrágicos, ilustrados com “beleza” e falsa sabedoria sem compreender a explícita má intensão como mostra bem o Felipe Moura Brasil.
    http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/cultura/tveja-voto-de-barroso-e-uma-fraude/
    Vejo também o afã deles buscando o rompimento da barreira língua.
    Sei que não é fácil e sei que impossível também não é, tempo para isso eles planejam ter de sobra.
    Perdoe-me pelo desabafo.
    Este ano teremos eleições e não me cansarei de ler e recomendar seu livro.
    O Pessimismo Nacional: “à la mode brésilienne”

    Não posso deixar de comentar que adorei os vídeos de sua filha. Lindos! Espetaculares!
    https://www.youtube.com/channel/UCN_rk3Sg9mJcmEzE3KaFU_w
    Remeteu-me ao primeiro programa Verdade na Prática que ouvi e me lembrei da vovó.

    Oh! que saudades que tenho
    Da aurora da minha vida,
    Da minha infância querida
    Que os anos não trazem mais!

    Um forte abraço. Tenha um bom ano.
    Continue firme e forte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s