Ciclo Completo

Posted on 18 de Junho de 2015

4


  
Com a tua partida completou-se um ciclo,
Quando ouvi a triste notícia: “acabou”
O horizonte escureceu-se como numa noite fria e de densas nuvens.
O céu ficou carregado, mas não chorou, nem uma gota de chuva derramou,
Mas eu chorei, não sou como céu que te recebeu, sou a alma sofrida que te perdeu.

Foram tantas as imagens que passaram em minha mente,
Busquei consolo entre as memória dos bons momentos.
Encontrei tantas, mas nenhuma que amenizasse a minha saudade,
Ou a dor do meu coração.
O dia mais temido da minha vida chegou.

Restou-me o vazio e as tuas coisas.
Toquei cada uma delas com lágrimas e paixão,
Foi-se de vez a minha florzinha deixando vazio meu coração.
Entre os irmãos dividimos um par de brincos, uma aliança, e um cordão,
Escolhi os brincos que te dei.

Tudo o mais deixamos partir,
Como partiu a tua alma.
Nada retemos, pois a ti perdemos.
Éramos como artesãos a juntar cacos partidos de uma porcelana rara,
Tentando refazer com eles uma nova história.

Anúncios
Tagged:
Posted in: Poema, Poesia, Saudades