Uma breve nota sobre homossexualidade

Posted on 27 de Agosto de 2014

1


Tenho estado a ler e a considerar o caso da homossexualidade e suas implicações para a igreja. Li livros de ambos os lados do argumento e confesso que é muito difícil sair com uma compreensão simples, clara e unificada neste assunto. Como filósofo e teólogo que têm se preocupado no assunto e tenta alcançar uma forma clara e não comprometida para acomodar a realidade da homossexualidade dentro da perspectiva da igreja, sem comprometer o que a Bíblia tem a dizer claramente sobre isso. Não é um problema fácil de resolver.

Entendo que a escravidão e o estado de inferioridade das mulheres era algo que fazia parte da vida das pessoas nas narrativas da Bíblia e estas situações de alguma forma têm sido usadas como modelos de comparação com o estado da homossexualidade, não apenas na narrativa bíblica, mas também na própria história. No entanto, a escravidão e a dominação feminina foram impostas de alguma forma pela sociedade em determinado momento histórico e a medida em que o homem desenvolveu a sociedade foi capaz de fazer a coisa certa e testemunhamos o desenvolvimento e mudança de paradigma na relação da igreja com estes dois assuntos. De certo modo não há uma imposição aos homossexuais, mas sim preconceitos ao longo da história, mas não uma imposição definitiva, porque se trata muito mais de uma opção ser homossexual do que uma imposição social, e não como era nos casos dos escravos e das mulheres. Não podemos negar a existência de bulling, mas este tem que ser estendido a outros casos também.

Hoje em dia, na maior parte do dos países livres e desenvolvidos a homossexualidade é uma questão de escolha ou, se quisermos apelar para a biologia, talvez algum tipo ainda não esclarecido de “gene gay”. Trata-se de uma situação na qual a igreja precisa atentar e descobrir se existe uma maneira para acomodar, aceitar, tolerar e lidar (você escolhe o termo) com a questão da homossexualidade, até porque eles não irão desaparecer. Um dos autores que li, infelizmente, usado algumas Escrituras de forma inadequada fez a seguinte declaração: “Devemos nos lembrar sempre que o autor (bíblico) pode ter trazido algumas de suas idéias e tabus para a mesa também” Tal afirmação é um muito prejudicial para a interpretação da Bíblia e não é a maneira de encontrar uma solução para esta questão.

por Luis A R Branco


Adquira o livro Verdade Na Prática: Textos Selecionados por apenas $4,99

20140417-084042.jpg

ONDE COMPRAR

Anúncios
Posted in: Filosofia, Teologia