A Síndrome de Gabriela do Estado Judeu

livro-gabriela-cravo-e-canela-jorge-amado-5750-MLB4989018873_092013-FAlguns ao lerem meus textos e comentários sobre o conflito entre Israel e a Palestina podem imaginar que sou anti-semita, aliás diga-se de passagem, que quem discorda da política israelense é chamado de anti-semita, isto é uma das maiores indicações da Síndrome de Gabriela do Estado Judeu. Mas para surpresa de alguns, tenho no umbral da minha porta a Mezuzá, no meu escritório uma bela Menorá, trazida de Jerusalém, um quipá dentro da minha Bíblia, e uma das orações frequentes que faço com minhas filhas antes delas dormirem ou ao caminho da escola é שמע ישראל י-ה-ו-ה אלוהינו י-ה-ו-ה אחד (Shemá Yisrael Adonai Elohêinu Adonai Echad). Mas, vamos ao texto, lembram-se da Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado e a da famosa frase da música de Gal Costa que tornou a novela ainda mais famosa? “Eu nasci assim eu cresci assim e sou mesmo assim, vou ser sempre assim Gabriela, sempre Gabriela.” Esta é a síndrome do Estado Judeu: “Eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim um obstinado sanguinário, sempre judeu.”

Quem identificou este caráter nos judeus não fui eu, foram os personagens bíblicos, veja o que disse Jesus: “Ai de vós que edificais os sepulcros dos profetas, e vossos pais os mataram.” (Lc 11:47). E ainda: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! […]” (Lc 13:34). O Apóstolo Paulo segue as acusações de Jesus e diz: “Os quais também mataram o Senhor Jesus e os seus próprios profetas, e nos têm perseguido; e não agradam a Deus, e são contrários a todos os homens.” (1 Ts 2:15). Seriam Jesus, Paulo e todos apóstolos e evangelistas anti-semitas? Lógico que não, no entanto, eles não encobriam as atrocidades cometidas pelos judeus ao longo da história.

Na verdade os judeus e seus prosélitos de primeira linha e os de quinta categoria (que são os evangélicos), querem o direito de serem Gabriela, ser e fazer o que bem desejarem e ainda assim serem amados pelo mundo. Isto é o absurdo do amor narcisista judeu! O mundo não é contra Israel, talvez os países árabes o sejam, mas a maioria dos países com um forte sistema de justiça e democracia detesta é a atitude arbitrária, desproporcional e assassina dos judeus quanto aos Palestinos.

Há sessenta anos que Israel sempre inventa um motivo para entrar e deixar a Palestina completamente arruinada e a mercê de sua boa vontade. Nenhum povo, por mais pacífico que seja, no lugar dos palestinos estariam fazendo diferente, mas lutando por sua liberdade e direitos. Mas Gabriela não deixa!

Assisti ontem uma entrevista com o Dr. Mads Fredrik Gilbert, da Noruega e que trabalha como médico voluntário em Gaza denunciando as centenas de crianças palestinas mortas e feridas todos os dias. Quando questionado sobre o fato das autoridades israelenses negarem os óbitos e feridos ele disse: “O que sabem eles? Nunca vieram aqui!” E assim Israel isolou a Palestina, só se ouve até aquilo que eles permitem e mais nada.

Eu poderia enumerar aqui uma série de atitudes que Israel tem tomado para destruir o povo palestino, mas deixarei para que você possa buscar estas informações por si mesmo, para que eu não seja estigmatizado como anti-semita para além do que já sou. Recomendo a leitura do livro Palestine: Peace Not Apartheid, Editora Simon & Schuster, escrito pelo Nobel da Paz, o Presidente Jimmy Carter. Mas se você gostar de novela, contos, mentiras e injustiças, continue a dar ouvidos e a assistir “A Síndrome de Gabriela do Estado Judeu” e os ame cegamente, mas cuidado, pois o amor judeu é narcisista, só ama a si mesmo.

Shalom,

por Luis A R Branco

20140505-003245.jpg
Clube de Autores: R$31,93 (brochura)
Google Books: €11,42 (e-Book)
Amazon: $18,90 (brochura) – $28,79 (capa dura)

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “A Síndrome de Gabriela do Estado Judeu

  1. Shalom, sou cadastrado no seu feed, e vivo recebendo postagens de blog, hoje, quando conferia os meus e-mails, o seu post me chamou atenção sobre o amor narcisista de Israel, síndrome de Gabriela, gostei muito da explanação desse material e assunto. Assim, minha primeira impressão do blog que ficou antigamente desapareceu, agora ficarei animado em receber outras postagens.
    Obrigado pela informação valiosa!
    Deus te abençoe ricamente!

  2. O QUE TENHO PRESTADO MUITA ATENÇÃO,É QUE INDEPENDENTE DA RELIGIÃO, O HOMEM COLOCA SEU DEDO E MODIFICA O LIVRO SAGRADO DA RELIGIÃO QUE ELE ATUA DE ACORDO COM SUA VONTADE IMATURA QUE LHE GARANTA PRAZER E PRESTIGIO..SERÁ QUE SE, SEGUISSEMOS AS LEIS DE DEUS EXATAMENTE COMO ELE AS PREGOU(PORISSO TINHA OS APÓSTOLOS POR TESTEMUNHAS)ESTARÍAMOS NESTE ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO? OU ESTARIAMOS MAIS ADIANTADOS.ELE SÓ NÃO CONTAVA ,QUE CADA APOSTOLO COLOCARIA SUA VISÃO PESSOAL, LEVE ISSO A ENÉZIMA POTENCIA, AI VOCE TEM CROACIA, ISRAEL, PALESTINA E OUTROS, MATANDO NEM SABEM MAIS PORQUE,VIROU HÁBITO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s