Pedra de valor

Posted on 13 de Julho de 2014

0


diamant

Como uma joia rara exposta numa vitrine, assim és tu,
Exuberante, preciosa e protegida de todas as formas
Contra aqueles que tentam aproximar-se de ti.
És uma joia sem preço, de valor inestimável, quem poderia adquirir-te?
Ninguém, nem nada, és só tua e de ninguém mais!

Tanta beleza, tanta perfeição, tanta doçura, tanta independente, tão tua,
Quisera eu além de contemplar conhecer todos os detalhes
E quilates desta joia de valor imensurável.
És uma joia perfeita, não precisa nada tirar nem acrescentar,
Nem mesmo a mão do ourives mais capaz poderia lapidar-te.

És perfeita assim como és,
Ali, tão perto, tão distante, tão acessível, tão intocável.
Não tens dono, não há príncipes capazes de tão alto preço pagar.
Só existe uma alternativa, és tu, joia minha e de todos os que não te têm,
Voluntariamente entregar-te.

por Luis A R Branco

 

Adquira aqui o livro “Versos Meus” do mesmo autor:

20140319-082801.jpg

Google Play Books

Clube de Autores

Livraria Saraiva

Livraria Cultura

FNAC/IKOBO

 

Anúncios
Posted in: Poesia