Discursos diferentes & Ideais Diferentes

Posted on 5 de Setembro de 2013

0


20130905-094518.jpgHá quase um mês que tenho basicamente conversado com “não cristãos” (NC), e confesso que estou impressionado com a diferença de discurso e ideais entre “cristãos” (C) e os demais, e quando digo os demais, inclui tudo, ateu, atoa, cristão não praticante, espírita, judeu, e por ai vai.

Começa pela lógica do discurso. Observa-se imediatamente que os NC estão mais conscientes daquilo que afecta o dia a dia da sociedade e são mais realistas nas resoluções de seus problemas. Enquanto que o C mantêm uma postura messiânica e escatológica exagerada. Quando digo messiânica, refiro-me a concepção equivocada de que as coisas só “fluirão”, ou seja, funcionarão nas mãos dos C. Outra aberração deste messianismo C é que se o deputado ou senador é evangélico ou católico, ele está sempre certo. E o que temos visto, têm nos enchido de vergonha ao saber que alguns destes que carregam o nome de C nos envergonham com suas posturas. Uma aberração maior ainda são os tele-evangelistas, tanto evangélicos como católicos, parecem viver num mundo diferente, um discurso totalmente obsoleto. A postura escatológica é aquela ideia de que tudo tem que ser assim mesmo e acabar em fogo, para que então ressurjam novos céus e nova terra.

Entre os NC há uma falta de um messianismo, pois já desacreditaram quase que totalmente em seus líderes políticos e comunitários, e neles têm despertado o sentimento de que é preciso fazer alguma coisa. É impressionante observar o empenho de médicos, advogados, professores, entre outros nos movimentos sociais seja em manifestações nas ruas, seja através das redes sociais, seja através do envolvimento pessoal e financeiro, eles estão entendendo que a luta é deles.

Recebi ontem um Twitter do Papa Francisco condenando o uso de armas de destruição em massa, nossa, o Twitter veio quarenta anos atrasado, pois Thomas Merton quando escreveu seu livro condenando o uso deste tipo de armamento e toda sorte de guerra, foi silenciado pelo Vaticano sob a pressão do Governo Americano. E seu livro foi proibido de ser publicado. Estamos fora do discurso e atrasados! Décadas de atraso! Meu professor, Dr. Ray Parker, disse: “Se os anos 50 voltarem hoje, a igreja tem uma resposta para eles, mas no século XXI estamos totalmente obsoletos.” Que dura verdade!

Insistimos em falar de homossexuais, enquanto assuntos como o darwinismo, criacionismo, fundamentalismo islâmico e ateísta ocupam nossas salas de aulas e a cabeça de nossos filhos. O que dizer da Nova Era com seu discurso de tolerância a qualquer custo e com seus cursos de yoga repletos de alunos C? E por outro lado as atrizes pornos C, as lojas e serviços eróticos e até swing surge com naturalidade no meio C. No entanto, o homossexual, este está perdido!

Constatei também que o NC tem um sentimento político mais equilibrado que os C, e que estão dispostos a mudar o país elegendo pessoas competentes. Enquanto o C vota em quem a igreja mandar.

Escrevi este texto assim como veio a cabeça, os C, por favor não reparem a falta de textos bíblicos para dar uma santificada no argumento. Mas vou deixar assim mesmo, na indignação original.

Não estou aqui dizendo que os NC são os que estão certos em tudo, mas muito menos estão os C. A sensação que tenho é que religiosos e os nem tanto religiosos estão travados numa luta de cabo de guerra, a corda é o mundo, a sociedade, as crianças, os jovens, o ecossistema, a esperança. Uma guerra em que não haverá ganhadores, e veremos nosso Brasil continuar a descer o fundo do poço.

Luis A R Branco
@LuisARBranco

Anúncios