Teu desprezo…

Posted on 4 de Setembro de 2013

0


fotografia-cópiaTeu desprezo é certamente cruel e nem uma gota de ternura derramaste em meu cálice. Mas fiz um pacto com a minha alma, onde nem o ódio, nem a indiferença e nem o desprezo terão oportunidade em mim. Minha resposta é simples, continuar em frente. Quem disse que só se ama uma vez? A estrada é longa, e os amantes são muitos. A tua paga, é não me ver voltar atrás, sem poder me alcançar.

por Luis A R Branco

Anúncios
Posted in: Poesia