Manifestações no Brasil: Uma palavra para a igreja

ImagemToda mudança social exigiu uma ação de coragem e determinação do povo que compõe aquela sociedade, numa atitude firme de inconformidade, como também de condenar, repudiar, protestar pacificamente, exigir mudanças, mudar governantes e assim rescrever a sua história. Foi assim que Nelson Rolihlahla Mandela conseguiu mudar a África do Sul. Foi assim que Mohandas Karamchand Gandhi mudou a Índia. Foi assim que Martin Luther King, Jr. mudou os Estados Unidos. Foi assim que os Reformadores mudaram a história no Séc. XVI.

Não se muda um país sentado no sofá de casa assistindo a novela e a “pouca-vergonha” do BigBrother. O povo precisa aprender a fazer uso das suas faculdades mentais, deixando de ser manipulado pela Globo, Record, SBT e por esta mídia comprometida e manipuladora. O povo precisa fazer uso da sua capacidade de locomoção, de ter uma voz, braços, rostos, e por ai vai. Só não vale ficar sentado criticando o governo e reclamando sem agir. No entanto, esta manifestação tem que sair das ruas, e tomar conta das urnas eleitorais. É hora de assumir as Assembleias Legislativas dos Estados Brasileiros, do Congresso Nacional, do Senado e da Presidência da República mas através do voto legítimo, da eleição de pessoas competentes. É hora de acabar com a fanfarra do PT, e de qualquer partido que queira perpetuar sua ditadura silenciosa no Brasil. Devemos aprender com países como os Estados Unidos, que de tempo em tempo mudam os partidos que estão no poder. Se o PT ganhar as eleições em 2014, estarão no poder há 16 anos. Isto é um absurdo! E você eleitor diz que quer mudanças? Mude na urna!

ImagemMas enquanto as eleições não chegam, tomem mesmo conta das ruas das cidades, exijam mudanças, mostrem suas caras pintadas, mostrem sua indignação, mas de forma ordeira e pacífica. Gandhi expulsou um império que dominava seu por aproximadamente duzentos anos sem pegar numa única arma, pedra, pau ou barra de ferro. Seu olhar, seu corpo arqueado e cansado, seus constantes jejuns e greves de fome, neutralizaram todo poder bélico do Império Britânico.

O papel da igreja e de cada pastor é apoiar estes movimentos pacíficos, chega de fazer vista grossa, chega de manter o silêncio. É preciso que esta manifestação chegue aos púlpitos de cada igreja, através da pregação expositiva de um evangelho transformador e que condena o pecado social. É preciso que esta manifestação entre nas classes de EBD, nos grupos familiares, nas células e que os olhos do povo brasileiro seja aberto, para que sejam encorajados a exigir mudanças de seus governantes e um Brasil melhor.

1006179_281114322032051_638703178_nJesus foi o maior mobilizador de massas dos seus dias, onde ele estava havia uma multidão de gente que ouvia seus discursos por mudanças de dentro para fora em cada pessoa, condenando os abusos das autoridades, agindo em prol do necessitado, pregando amor ao próximo, ação solidária, encorajando a retidão e a justiça. Jesus mobilizou o povo de tal forma que eles não mudaram apenas uma cidade, mas o mundo. Hoje países como os que vemos na Europa e América do Norte, alcançaram um nível de vida elevado graças aos princípios do evangelho que passou a fazer parte do dia-a-dia destes povos. O que foi a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém? Foi uma passeata, foi uma manifestação pacifica, foi a tomada de uma cidade por um movimento, que assumiu não só aquela cidade, mas dali, o mundo inteiro. Atos nos mostra a dimensão transformadora do movimento iniciado por Jesus e que incentivou seus discípulos a não se contentarem com Jerusalém, mas irem até os confins da terra. Em Atos 17:6 lemos: “Estes que têm alvoroçado o mundo, chegaram também aqui.”

Louvo a Deus por estes jovens, oro por cada um deles, pois estão construindo um Brasil melhor para eles próprios, mas também para meus filhos e meus netos. Há muito tempo não sentia tanto orgulho de ser brasileiro.

Rev. Luis A R Branco, brasileiro na diáspora

Anúncios

4 pensamentos sobre “Manifestações no Brasil: Uma palavra para a igreja

  1. Gostei da sua palavra. Essas manifestações são necessárias e patrióticas. Não deixemos que as distorções de alguns roubem o real sentido dessa iniciativa dos jovens do nosso país. Oremos pela nossa nação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s